80% das infeções de malware são detetadas nas redes móveis

A Alcatel-Lucent acaba de realizar um estudo que indica que na primeira metade do ano de 2015, o número de ameaças à segurança nas redes móveis aumentou. A origem da maioria das ameaças é inesperada: computadores pessoais (PCs) e computadores portáteis. O mesmo estudo registou também um aumento significativo do número de apps ‘spyphone’, detetadas em equipamentos móveis com os sistemas Android e iOS.

Outras conclusões do estudo:

– Estima-se que 80 por cento das infeções de malware detetadas nas redes móveis estejam ligadas a computadores e portáteis com o sistema Windows™. Esta conclusão representa uma mudança significativa face a 2013 e 2014 onde a fonte das infeções móveis estava mais ou menos dividida, (50:50), entre os dispositivos com suporte para Android e Windows™ ;

PCs e portáteis são os alvos preferidos dos principais cibercriminosos profissionais que há muito “investem” significativamente no ecossistema de malware do Windows. Estes equipamentos têm contribuído de forma abundante para o aumento da taxa de infeção nas redes móveis, que são cada vez mais utilizadas para aceder à Internet;

10 das 25 ameaças mais orientadas a smartphones encontram-se na categoria de spyware móvel, e são frequentemente propagadas juntamente com jogos e software gratuitos.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Tec

Todas as semanas, um vídeo novo, subscreve Aqui! para seres o primeiro a saber!

You may also like...